sábado, 31 de dezembro de 2011

E QUE VENHA 2012


Oi, pessoas lindas

Lá se vai 2011. Todo final de ano é a mesma coisa: um festival de promessas (que quase nunca cumprimos), sendo assim, não vou prometer muita coisa para 2012. Prometo apenas que vou continuar sonhando com um mundo de PAZ e RESPEITO. Onde cada cidadão seja avaliado pelo seu caráter e não pela cor da sua pele, pela sua religião (ou falta dela), sua filosofia de vida, sua nacionalidade (ou naturalidade) e, claro, pela sua orientação sexual. Afinal, no final, somos todos HUMANOS. Ou não?

Fiquem com o último programa Papel Mágico de 2011 e até 2012 - com novidades! Fui!

@aharomavelino 


sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

VOLTANDO PRA CASA


Oi, 

Vamos de ficção hoje? Só pra não perdermos o bonde, ok?

ALMA

Suas mãos estavam trêmulas. Durante a longa viagem de volta, ela apertara tanto os dedos que, agora, eles doíam intensamente. O táxi virou à direita e, então, ela reconheceu a rua. Era a mesma rua de há vinte anos. A mesma rua onde, nos seus primeiros quinze anos de vida, brincara, sonhara, descobrira o amor e a tristeza. Sim. A rua era a mesma. Tudo continuava no lugar. Tudo continuava igual. Menos ela, claro.

Quando o nó na garganta apertou e aquela sensação de estar sendo sufocada quase lhe tirou por completo o ar dos pulmões, Milena pediu ao motorista que diminuísse a velocidade. Ela queria chegar logo em casa, era verdade, mas "será que ainda é minha casa?"- pensou. Há vinte anos, ela saíra dali como se fosse um bandido qualquer. Fugira na calada da noite, depois de outro festival violento de porradas do pai. Era a terceira vez que ele fazia aquilo e sua mãe sempre se trancando no quarto aos prantos. Mas ele se fora agora. Há uma semana, Milena recebera a informação, por uma antiga vizinha, de que seu pai havia morrido. A lembrança daquela noite de surra e dor, no entanto, continuava viva. Ela estava com o corpo dolorido, os olhos roxos, o braço ralado e a alma despedaçada. Não via outra alternativa: precisava correr para longe. Precisava desaparecer. E desapareceu. Dois anos depois de sair de casa, sem dizer adeus, a pessoa que era morrera e outra nascera no lugar.

O táxi parou em frente a pequena casa verde de jardim mal cuidado e vidraças embaçadas. Milena pagou o motorista, que a ajudou a tirar as malas de dentro do carro e respirou fundo. Ela ficou ali parada diante daquela casa minúscula, que um dia parecera tão grande. Então a porta se abriu e um senhora frágil, com olhar triste a encarou. Diante da moça loira, bonita e vistosa, a idosa não teve dúvida.

- Marcelo? - ela aproximou-se de Milena. Passou a mão no rosto daquela que já fora seu filho - Marcelo, meu filho, é você? Marcelo, você... você se tornou uma... uma mulher tão bonita...

E elas se abraçaram com ansiedade. Um abraço que demorou vinte anos para acontecer. 

@aharomavelino

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

QUEM PRECISA DO NATAL?


Olá,

Dezembro está no fim. E o que isso significa? Lojas decoradas, luzes piscando para tudo quanto é lado, a mídia tentando nos empurrar goela abaixo um monte de coisas, coisonas e coisinhas das quais não precisamos. Tudo para que o Natal seja um sucesso (para o comércio, pelo menos). E se você for uma pessoa muito,  eu digo muito azarada, corre o risco de, a cada dois metros, ter que ouvir Simone gritando no seu ouvido: "Então é Nataaaallll..." (Deus me livre!).

Bem... independentemente do lado religioso (não sou), acho o Natal um pé no saco. Nunca foi minha data festiva predileta, muito pelo contrário. Quando eu era criança, o Natal, pra mim, não passava de uma data em que meus vizinhos mais ricos adoravam esfregar na minha cara os brinquedos que tinham ganhado (e que eu NUNCA ganharia). O tempo foi passando e minha relação com essa festa cristã não melhorou. Acho o Natal parado, chato, depressivo...

Ok. Não sou nenhum monstro verde (nem de nenhuma outra cor). Como o Natal é uma data em que a família se reúne - e a minha não é diferente - eu aprendi a sorrir quando, no fundo, queria gritar e mandar toda aquela felicidade (nem sempre verdadeira) pra casa da mãe Joana. Aliás, fico impressionado com a nossa capacidade (humana) de fingir que está tudo bem... mesmo quando nada vai bem.

Ah, foi em um Natal que eu abri o jogo com minha mãe e saí do armário. Quando me revelei, sabe o que ela disse? "Nossa, finalmente. Pensei que num ia se revelar nunca...". Nós rimos...

Então... FELIZ NATAL!
@aharomavelino

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

VAMOS COPIAR?


Oi, gente

Todo mundo sabe que televisão é um espaço onde reina a criatividade (ou pelo menos deveria ser). As emissoras abertas brigam com unhas e dentes pelos telespectadores. Vence, claro, aquela que for mais criativa. No entanto, às vezes, o que vemos é  uma total falta de inteligência, ou vontade, na hora de criar alguns programas.

Quem assiste ao SBT sabe do que estou falando. Na boa, a emissora de Silvio Santos já foi a minha predileta (nos anos 80), mas hoje, pra mim, num passa de um borrão. Não sei o que acontece ali, porém acho que deve haver alguém tentando boicotar a empresa; ou seus diretores são de uma incompetência ímpar. Eles erram no departamento de jornalismo, erram no departamento de dramaturgia, fazem escolhas absurdas. E erram, também, no artístico. O SBT é a única emissora que copia a si mesma. Incrível! Pense bem: vocês já assistiram aos programas CASOS DE FAMÍLIA e QUEM CONVENCE GANHA MAIS? Não? Bem... se não quiserem perder tempo, basta assistir a um deles. Eles são incrivelmente parecidos. O mesmo acontece com os programas QUAL É O SEU TALENTO e SE ELA DANÇA EU DANÇO. Um parece a cópia piorada do outro.

Uma pena, nossa TV tem profissionais incríveis, gente de talento de verdade. Mas, parece-me que os donos das emissoras brasileiras preferem continuar se nivelando por baixo... Depois reclamam da falta de audiência. 

Todos os dias, o povo foge para as TVs pagas, para a internet, ou seja lá para onde for... Bem, alguém pode culpá-lo? Claro que não! Pronto, falei!

Inté...
@aharomavelino

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

COISA DE POETA


Olá, meu povo

Dizem que o número treze não traz sorte. Muita gente tem arrepios só de pensar numa sexta-feira treze, no décimo terceiro andar (nos EUA, alguns prédios pulam do 12 para o 14...)! Bobagem, adoro o número treze. 

Pois é, nosso programete chegou ao número 13. Nesse "episódio", eu convidei o professor e poeta Fernando Freire para responder às dúvidas de alguns alunos. Elizabeth, He-Man e eu ainda discutimos sobre a sorte (ou não) da presidenta Dilma em seu primeiro ano de mandato. Ah, também aproveitamos para espinafrar o filme AMANHECER parte 1....rsrsrsrs...


Vejam o vídeo e digam o que acharam. 
Beijos
@aharomavelino

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

SÓ POR AGORA


Eles se beijaram. Aquele momento era único e exclusivo. Eram pernas, braços, bocas, línguas e suor... O cheiro, ah, o cheiro. Como era delicioso sentir aquele cheiro forte, másculo, marcante. Embriagados de paixão, deixaram seus corpos tremer. E tremeram. Uma descarga de eletricidade. Um desejo de morrer de prazer. Depois dos fogos, veio a calmaria. Os músculos relaxados.

Desgrudaram-se. Deitados, olharam-se nos olhos. Um passou a mão no rosto do outro. Uma tristeza profunda, aguda e cortante cobriu pele, carne, ossos e mente de um deles. Era a vida voltando ao normal. A certeza de que aquele momento, mágico e hipnótico, deveria ficar para trás.

- O que foi? - quis saber Marcelo. - Tá tudo bem contigo?

Ricardo não respondeu. Fechou os olhos e respirou fundo. Ele não tinha a coragem de Marcelo. Nunca tivera.

- Ei, Ricardo. Olha pra mim. Fala alguma coisa!

- Falar o quê? Prefiro ficar aqui curtindo esse momento... curtindo você, meu amor.

Marcelo sorriu e abraçou o companheiro.

- E aí? Vamos nos ver amanhã? - quis saber.

Ricardo fixou os olhos verdes de Marcelo.

- Não vai dar... amanhã prometi sair com minha esposa...

*******

Estava com saudade de escrever um continho pra vocês, amores. Beijos...
@aharomavelino


terça-feira, 29 de novembro de 2011

CARTINHA


Oi,

Bem, desde que começamos com os vídeos do Papel Mágico, tenho recebido alguns e-mails do balacobaco. Muita gente pedindo minha opinião sobre relacionamentos, finanças (hã?), livros, filmes, mecânica de discos voadores - ok, essa parte é mentira, o resto é verdade. Se você tem alguma questão em mente, manda um e-mail: papel.magico3@gmail.com.
Vou reproduzir aqui um e-mail que recebi. É da J. M. (não vou revelar o nome da garota, pois não fui autorizado a fazê-lo). Vamos lá:

Foi mais ou menos assim: "oi, adorei o papel mágico. Entao, vc já foi traído? se sim, vc perdoou a pessoa? valeu".

Quereeeeda, quem nunca foi traído (a)? Só quem nunca namorou, né, fofa? Eu já fui traidérrimo, traidíssimo... Em quase todas as vezes em que fui traído (pelo menos nas vezes que fiquei sabendo, porque sabe como é né?) eu inventei de perdoar. Sim. Perdoei e fui traído outra vez. Mas, hoje, analisando friamente, acho que faria tudo outra vez. Sabe por quê? Porque eu amava a criatura das trevas, e quando a gente ama, já viu... a gente deixa passar o deslize e acredita que a outra pessoa nunca mais errará. Ham ham, sei... Amore, se você está sofrendo por amor, se foi traída, liga não. Isso acontece com todo mundo. E na boa! O lado bom de sofrer por amor é saber que isso passa e, mais tarde, a gente vai acabar se apaixonando de novo... e de novo... e de novo...

Beijos
@aharomavelino

domingo, 27 de novembro de 2011

CONSCIÊNCIA NEGRA


Oi,

Então é isso, chegamos ao número 12. Completamos uma dúzia de vídeos. Nesse Papel Mágico, He-Man, Elizabeth e eu discutimos a declaração infeliz do ator Caio Castro, o spray mata capeta do pastor e humorista Silas Malafaia, entre outras coisas.

O Papel Mágico também entrou na onda da Celebração da Semana da Consciência Negra. Assistimos (e registramos) ao que rolou no CEF 08 do Gama.

Divirtam-se:


@aharomavelino

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

TEMA QUENTE

É Notícia - RedeTV!

Oi,

Estava afastado do blog, sabe como é: muito trabalho e pouco tempo para fazer tudo que a gente quer fazer. Muito bem, vamos direto ao assunto. Essa semana, a RedeTV! colocou no ar mais um programa jornalístico (aliás, na emissora, o jornalismo tem se destacado mais do que o artístico): TEMA QUENTE é o nome do produto.

Kennedy Alencar e Amanda Klein - Tema Quente
Adoro o jornalista Kennedy Alencar (um dos apresentadores do Tema Quente), pra mim, ele é um dos melhores profissionais da TV atualmente. Como pessoa, Kennedy é muito gente boa também (já estive com ele 3 vezes e ele sempre foi muito simpático comigo). Sobre o programa, ainda é cedo pra falar, mas eu senti - nos primeiros dias - um clima meio É NOTÍCIA (programa que o Kennedy faz nas noites de domingo). Ok, o Tema Quente está no início, procurando seu estilo, tem muita água para rolar ainda. Sei que a direção de jornalismo da RedeTV! (sempre ótima) achará o caminho certo.

Por falar em RedeTV!, a emissora paulista inaugurou, essa semana, aqui em Brasília, sua sede própria (com estúdio e tudo o mais). Não conheço o lugar - ainda -, mas se for um por cento do que é o CTD em Osasco já é de encher os olhos. Parabéns aos donos da emissora: Amilcare e Marcelo. 

Tomara que o Tema Quente traga, de fato, temas quentes e relevantes, capazes de fazer a nossa sociedade refletir sobre sua própria realidade. Informação nunca é demais! E tenho dito!

@aharomavelino

terça-feira, 15 de novembro de 2011

EU SOU O NÚMERO 11


Oi, 

Gente, eu já estava todo trabalhado no nervosismo. Não sei o que deu na minha internet, ou na minha conta do YouTube, fato é que para postar o episódio 11 do PAPEL MÁGICO (o vlog que está causando geral - tá, acredita), levei dois dias. Várias tentativas depois, aí está ele: lindo, loiro e japonês.

No programa 11, rolou nossa tradicional roda de fofocas (hã?!) e uma entrevista com o ator e escritor Elmo Férrer. Era para a entrevista ter duas partes, mas a segunda parte ficou com problemas no áudio, por isso fica para a próxima. Ah, detalhe, depois das despedidas, há um pedacinho de Reality Show. Sim, fizemos umas imagens de meu dia a dia (oh, God).



Divirtam-se
@aharomavelino

domingo, 13 de novembro de 2011

MADRUGADA QUENTE


Oi,

para quem (como eu) gosta de viver intensamente as madrugadas, a televisão vira uma companheira quase obrigatória. É comum, por exemplo, eu deixar a TV ligada e ficar plantado na frente do computador escrevendo, navegando pela net ou batendo papo com os amigos (ok, não tenho batido tanto papo ultimamente).

Nas madrugadas, podemos assistir à programação mais variada que alguém possa imaginar. Basta zapear pelos canais (abertos ou a cabo) para se ter acesso aos programas mais curiosos - ou bizarros - que se possa sonhar. No mesmo horário, você pode ver um pastor prometendo a cura para todo tipo de doença (de caroço aqui e ali até câncer e aids) sem precisar ir ao  médico ou tomar qualquer tipo de medicamento (espera aí, curanderismo não é crime?). Virando para o canal seguinte, deparamo-nos com mulheres voluptuosas fazendo sexo com homens atraentes (ou com mulheres também atraentes). Em outra emissora, você pode comprar um creme que vai te deixar a cara de uma top model, ou um aparelho que corta, fatia, pulveriza, limpa a casa e ainda busca o jornal ao mesmo tempo. Ah, também nas madrugas é possível obter um tapete persa legítimo ou um relógio pelo bagatela de 10 mil reais. 

Podemos dizer qualquer coisa, menos que as madrugadas regadas a discursos religiosos irresponsáveis, cenas de sexo e vendas estapafúrdias não sejam cômicas (ou trágicas, dependendo do ponto de vista). Assim, diante dessa salada midiática, nós, os insones, vamos levando nossas vidinhas...

@aharomavelino

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

LEITURA E BELEZA


Oi,

uma das coisas das quais me arrependo é de não ter começado minha vida de leitor mais cedo. Explico: quando criança (nossa, faz muito tempo), meu professores não tinham o hábito de nos pedir que lessem algum livro. Minha família também não era muito íntima das letras (sou filho de pais quase analfabetos). Na minha infância, eu já lia, mas não com a frequência e afinco que deveria. Apenas mais tarde, quando comecei a ter acesso aos livros, é que vi como é gostoso me entregar a uma leitura. Descobri que os eles são objetos mágicos e capazes de nos transportar dessa realidade a um mundo encantado. Falando em literatura, fizemos um vídeo especial para o PAPEL MÁGICO sobre isso:



Além da beleza da literatura (sim, ela é bela), o Papel Mágico foi além e resolveu investigar a beleza física: drenagem linfática, depilação a laser, lipo sem cortes, limpeza de pele... sabe do que estamos falando? Não?! Então vem com a gente no Papel Mágico 10!



É isso.
@aharomavelino

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

É O FIM



CENA. SALA. INT/DIA


JOSÉ ESTÁ DEITADO NO SOFÁ ASSISTINDO AO JOGO DE FUTEBOL. HELENA ENTRA COM PUXANDO ALGUMAS MALAS.


JOSÉ - (ENCARA A MULHER) Que é isso? Que palhaçada é essa? Pra que essas malas agora?
HELENA - Eu estou partindo... estou te deixando...
JOSÉ - (FRIO) Ah...
HELENA - (INDIGNADA) Você entendeu o que eu disse? 
JOSÉ - Entendi... (TOMA A CERVEJA) você está indo embora! (TOM) Posso saber pra onde você está indo pelo menos?
HELENA - (CHEIA DE SI) Pra casa da minha mãe.
JOSÉ - (OLHANDO PRA TV) Então tá.
HELENA - Você é um egoísta... só pensa em você mesmo!
JOSÉ - Isso é redundância! Ou pleonasmo, sei lá.
HELENA - (CONFUSA) O quê? Do que você tá falando?
JOSÉ - Bem, se eu sou egoísta é porque só penso em mim mesmo. Você não precisava usar as duas expressões na mesma frase.
HELENA - Eu te odeio! Definitivamente, eu vou embora dessa casa!
JOSÉ - Hummm...
HELENA - Você vai ficar aí parado? Num vai dizer nada?
JOSÉ - (AINDA OLHANDO A TV, ESTICA A LATINHA NA DIREÇÃO DE HELENA)Pega outra cerveja pra mim antes de você ir? Essa aqui  já era!


CORTA:

sábado, 29 de outubro de 2011

MÃE E FILHA



 Oi, 
uma ceninha para não peder o hábito. Bom final de semana para todos!
@aharomavelino

CENA.SHOPPING.INT/DIA

Camila entra numa loja acompanhada da mãe Marisa.

CAMILA        Mãe, na boa, num tinha necessidade da senhora me acompanhar. Eu já tou grandinha pra   isso, né?

MARISA        Ah, mas você acha que eu ia perder a chance de te ajudar a escolher o modelito que você vai usar na sua primeira festinha? Não mesmo!

CAMILA        Mãe, do jeito que a senhora fala, parece até que eu tenho cinco anos de idade.
A vendedora se aproxima.

MARISA        (Para a moça) Meu bem, eu queria que você trouxesse uns modelitos lindinhos que combinassem com a carinha fofo da minha filha. (Sorri)

VENDEDORA     Claro, vou pegar alguns dos nossos melhores modelos... (Sai)

CAMILA        Fofa, mãe? A senhora me chamou de fofa?

MARISA        O que tem de mais nisso? Eu te acho fofa!

CAMILA        Fofa é sinônimo de gorda, sabia?

MARISA        Ai, vocês crianças! Inventam cada coisa absurda.

CAMILA        Para de me chamar de criança!

MARISA        Mas você é uma criança, meu bem.

CAMILA        Eu tenho quinze anos!

MARISA        Não disse? Uma criança! (Tom) Muito bem, nós vamos escolher sua roupinha e à noite vou te levar na festinha.

CAMILA        O quê? Nem morta que você vai me levar na festa! (Tom) Mãe, senta aqui que eu vou explicar pra senhora o significado da expressão “pagar mico”...

CORTA PARA:



segunda-feira, 24 de outubro de 2011

SAINDO DO ARMÁRIO


Oi,

Discriminação, preconceito, violência... diante de tudo isso, ainda vale a pena sair do armário? O quê? Você não sabe o que é "sair do armário"? Como assim? Bem, por isso vamos te ajudar. Assista ao vídeo, comente e espelhe a notícia...


É isso.
Beijos, lindos e lindas...
@aharomavelino

domingo, 23 de outubro de 2011

NO DIVÃ



CENA. CONSULTÓRIO. INT/DIA

A MOÇA ANDA DE UM LADO PARA OUTRO ENQUANDO A PSIQUIATRA PERMANECE SENTADA EM UMA CADEIA AO LADO DO DIVÃ COM UM BLOCO DE NOTAS NAS MÃOS.

LUANA                     Quando foi que você decidiu ser psiquiatra?

MARISA                    Não sei exatamente... na adolescência, talvez. Mas isso não importa agora. Agora, o que    interessa é saber como você se sente...

LUANA                     Como eu me sinto em relação a quê?

MARISA                    Ao que você fez.

LUANA                     (INDO PARA O DIVÃ) Você quer dizer em relação a ter matado o meu amante hoje pela manhã?

MARISA                    Isso mesmo.

LUANA                     Me sinto bem... aliás, me sinto ótima. Ele mereceu.

MARISA                    Ninguém merece ser assassinado, Luana.

LUANA                     Ah, mas ele mereceu. Ele não cumpriu com o combinado. Disse que a gente passaria o resto da vida juntos, mas nunca cumpriu com suas palavras. Estava cansada das suas mentiras...

MARISA                    E você sabe por que ele não cumpria com a palavra?

LUANA                     Porque ele era casado, oras...

MARISA                    Você matou um homem casado? Num sente remorso? E como fica a família dele, os  filhos?    

LUANA                     Ele não tinha filhos.

MARISA                    Como pode ter tanta certeza disso?

LUANA                     Porque eu estudei a vida dele. Ele só tinha esposa. Aliás, preciso ir embora. A senhora terá um dia longo pela frente. Terá muito o que fazer.

MARISA                    (POUSA O BLOCO DE NOTAS NA PERNA) Um dia longo? Por quê? O que terei que fazer?

LUANA                     Um enterro, por exemplo. Afinal, eu matei o seu marido!

CORTA.

É isso, madruga fria no DF, nada para fazer, a gente escreve cenas sem pensar direito kkkk.
Beijos e segunda-feira teremos PAPEL MÁGICO 8 - HOMOFOBIA E AFINS
@aharomavelino

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

EU SOU ASSIM...


CENA. QUARTO DE ANDRÉ. INT/NOITE

ANDRÉ DEITADO NA CAMA, SUA MÃE ANDA DE UM LADO PARA O OUTRO DO QUARTO. ESTÁ NERVOSA.

FÁTIMA - Na escola, André? Num tinha outro lugar pra você fazer suas... suas... 
ANDRÉ - Suas o quê, mãe?
FÁTIMA - Safadezas! Suas safadezas!
ANDRÉ - Foi só um beijo... aliás, um beijinho de nada... nem tinha língua. 
FÁTIMA - E você me fala isso com essa cara de pau?
ANDRÉ - Dá um tempo, mãe. Engraçado, né? A Bianca vive se agarrando com o Paulo pela escola e a senhora nunca disse nada!
FÁTIMA - É diferente!
ANDRÉ - Diferente por quê? O mesmo direto que ela tem, eu tenho. Ou não?
FÁTIMA - (PASSA A MÃO PELO ROSTO) Você estava beijando um... um garoto!

ANDRÉ SAI DA CAMA, FICA DE PÉ.

ANDRÉ - Então o problema é esse? A senhora tá aí toda pilhada, dando esse piti todo, só porque eu beijei o meu namorado?
FÁTIMA - (ATÔNITA) Namorado? Meu Deus, é o fim do mundo! Homens não namoram homens, André! Isso num é normal! Num é certo!
ANDRÉ - Sinto muito... então eu sou anormal! Conviva com isso.
FÁTIMA - Você já, pelo menos, tentou num ser assim? Já tentou num ser gay?
ANDRÉ - (APROXIMA-SE DA MÃE) A senhora já tentou mudar a cor dos seus olhos? Sem usar lentes, claro, porque aí seria uma mentira.
FÁTIMA - ... Isso é impossível, ninguém pode mudar a cor dos olhos... a gente nasce e morre com a mesma cor dos olhos...
ANDRÉ - Muito bem... isso responde à sua pergunta... eu nasci assim... vou morrer assim... e outra coisa: sou muito feliz do jeito que sou!

CORTA

domingo, 16 de outubro de 2011

AO MESTRE COM CARINHO


Oi,

falar que a educação é, ou deveria ser, prioridade já é lugar comum. O que falta, de fato, é fazer dela (a educação) um foco e um objetivo. Não se constrói uma sociedade democraticamente justa sem que se invista em educação. Pensando nisso, o Papel Mágico fez uma homenagem aos mestres, com carinho, claro! Vamos ver?

BEIJOS...
@aharomavelino

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

SER CRIANÇA


Oi,

Como foi sua infância? A minha foi divertidíssima. No vídeo especial do DIA DA CRIANÇA, He-Man, Elizabeth e eu relembramos nossa infância. Ouvimos Xuxa e fizemos revelações babadeiras. Vem com a gente?
Beijos...
@aharomavelino



quarta-feira, 12 de outubro de 2011

ESSA VIDA DA GENTE


Oi,

Quando a novela A VIDA DA GENTE entrou no ar, confesso, tive uma certa resistência. Talvez, pelo fato de eu ter gostado muito da novela anterior CORDEL ENCANTADO, achei que essa nova novela das seis não fosse me fisgar. Demorei uma semana antes de me arriscar a ver a obra de Lícia Manzo (aliás, uma estreante no posto de autora titular).

No início, achei a novela meio a cara das obras do Manoel Carlos, desde o título, até a abertura, tudo me lembrava novelas como PÁGINAS DA VIDA, VIVER A VIDA, MULHERES APAIXONADAS, etc e tal. Mas decidi insistir e ver um pouco mais. Pronto, estava feito o estrago. Em uma semana, eu fiquei apaixonado por A VIDA DA GENTE.

Marjorie Estiano, Rafael Cardoso e Fernanda Vasconcellos
A novela é bem escrita, bem realizada (se passa fora do Rio/ São Paulo) e tem uma trama interessante. Vale ressaltar o trabalho incrível do elenco. Fernanda Vasconcellos está muito bem no papel da tenista Ana. Ana Beatriz Nogueira e Gisele Fróes estão perfeitas (de dar raiva) e Nicette Bruno dispensa comentários. Nem a voz nasalizada (que me irrita) de Marjorie Estiano tem comprometido o andar da carruagem. No entanto, quem tem me surpreendido é Sthefany Brito, a ex-senhora Pato, está ótima no papel de Alice, que vai mudando de comportamento com o tempo. Nunca tinha dado muita bola para Sthefany, aliás sempre a achei muito Sandy (meio picolé de chuchu, sabe?), mas, admito, ela tem dado conta do recado com competência.

A novela tem crescido na audiência e agora, com o acidente de Ana, as coisas vão ficar mais dramáticas e o povo, que gosta de sofrer, deve correr para frente da TV.

É isso...
@aharomavelino 

domingo, 9 de outubro de 2011

NÚMERO CINCO


Oi,

O que achamos sobre a saída do Rafinha Bastos do CQC? E o final do Rock in Rio? Isso tudo é debatido no vídeo cinco do PAPEL MÁGICO, com o humor de sempre, claro. Outro detalhe: quem comentar o filme, o blog ou mandar um e-mail para papel.magico3@gmail.com concorrerá ao livro CILADA de Harlan Coben. Divirtam-se com o vídeo...

Beijos
@aharomavelino


sexta-feira, 7 de outubro de 2011

SUA FILHA, COMO ESTÁ?


CENA.CAFÉ.INT/DIA

FINAL DE TARDE, MARIETA E CAROLA, VELHAS AMIGAS DE INFÂNCIA, ENCONTRAM-SE NUM CHARMOSO CAFÉ.

MARIETA - Mas você está ótima, Carola. Nem parece ter... quantos anos você tem, mesmo?
CAROLA - Acho melhor não falarmos sobre isso. No entanto, tenho menos que você, com certeza.
MARIETA - Sério? Quem vê não percebe...
CAROLA - (CORTANDO) E sua filha? Fiquei sabendo que ela se casou.
MARIETA - (ENGASGA COM O CHÁ) Minha filha? Bem... então...
CAROLA - (IRÔNICA) Quando foi o casamento?
MARIETA - Bem... ela não se casou. Não tecnicamente.
CAROLA - Esses jovens, não? Imagina se nosso tempo, nos juntaríamos com um homem sem estarmos casadas. Com tudo certinho, ali, no papal, num é mesmo?

MARIETA FICA CALADA. ENGOLE MAIS CHÁ.

CAROLA - Você está pálida, meu bem. O que foi? Eu disse alguma coisa que não devia? (T) Não se preocupe, tenho certeza que sua filha será muito feliz com esse... como é mesmo o nome do felizardo?
MARIETA - (BAIXINHO) Num é bem... um felizardo...
CAROLA - O que foi que você disse, querida?
MARIETA - (ENCARA A OUTRA) Disse que não é um felizardo.
CAROLA - (FALSA) Não é? Num entendi.
MARIETA - É uma felizarda! Minha filha está morando com outra moça! Aliás, elas estão muito bem, obrigada. (TOMA UM POUCO DE CHÁ, CONFIANTE) Acho que elas estão pensando na possibilidade de adotar uma criança. Num é lindo? Criança de sorte, né? Terá duas mães. Duas mães lindas! Você não concorda?
CAROLA - (SORRINDO) Me passa o açúcar, meu bem?

CORTA


Beijos achocolatados para todos...
@aharomavelino

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

ADEUS, JOBS



Oi,

primeiro veio o meu primeiro iPod, logo o iPhone (comprado de alguém que ou trouxe de Miami), depois veio o iPhone 3 e por último, o iPhone 4. Fui fisgado pelo brinquedinho da Maçã. Quando pensei que estava mais curado, lá estava eu comprando meu primeiro iMac. 

Vai, Steve, vai em paz e leve sua criatividade para o outro lado - se o outro lado existir. Aqui, ficamos com as coisinhas que você criou. E seja bem-vindo, meu primeiro MacBook. E o iPad? Bem, esse é o próximo.

Beijos...
@aharomavelino

domingo, 2 de outubro de 2011

PECADO ONDE?


CENA. RESTAURANTE-INT/DIA

PEDRO E ALEX SENTADOS ESPERANDO A COMIDA QUE PEDIRAM.

PEDRO - Você não tem medo?
ALEX - Medo de quê?
PEDRO - De ir para o inferno.
ALEX - E por que eu deveria ter medo de ir para o inferno?
PEDRO - Por causa do seu... digamos, estilo de vida.
ALEX - O que tem meu estilo de vida?
PEDRO - Bem... você sabe, você... você é...
ALEX - Eu sou o quê, Pedro?
PEDRO - Você é assim... desse jeito aí...
ALEX - Eu sou gay? É isso que você quer dizer?
PEDRO - Isso. Você é gay. Deus é contra, você sabe.
ALEX - Deixa Deus fora dessa história, Pedro.
PEDRO - Mas isso é pecado... tá na Bíblia. Você já leu Levíticos capítulo dezoito, versículo vinte e dois? Deus não aprova essa sua vida. Deus disse...
ALEX - (CORTANDO) Deus não disse nada! E desde quando você tem procuração para falar em nome de Deus?
PEDRO - Mas...

CHEGA O GARÇOM, ELE COLOCA OS PEDIDOS SOBRE A MESA E SAI EM SILÊNCIO.

ALEX - (OBSERVANDO O PRATO DE PEDRO) Você num tem medo de ir para o inferno, Pedro?
PEDRO - Por quê?
ALEX - Isso aí que você pediu num é camarão?
PEDRO - É.
ALEX - Bem, acho que você já leu Levíticos capítulo onze, versículos de nove a doze. Camarão não tem escamas, nem barbatana... é um animal impuro. Num é você quem segue a Bíblia à risca? 

PEDRO NÃO SOUBE ARGUMENTAR.

BEIJOS LINDOS E ME SIGAM...
@aharomavelino

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

DIVAS IN RIO


OOOOOi,

continuando a saga sem noção dos vídeos, no Papel Mágico 04, eu e minhas assistentes (He-man and Elizabeth) debatemos a primeira noite do Rock in Rio, mas precisamente, as performances de Katy Perry, Rihanna e Cláudia Leitte... não me atirem aos leões, são, apenas, opiniões kkkk
Beijos e paz
@aharomavelino


segunda-feira, 26 de setembro de 2011

ESSENCIAL É O AMOR





Oi, gente,


Li um poeminha do Fernando Pessoa e achei a cara dessa gente linda e colorida (nós). Afinal, o que importa é o AMOR. Vamos nos amar e o mundo será melhor!
Beijos COLORIDOS...
@aharomavelino



O amor é que é essencial
 
O AMOR é que é essencial.
O sexo é só um acidente.
Pode ser igual
Ou diferente.
O homem não é um animal:
É uma carne inteligente,
Embora às vezes doente.

sábado, 24 de setembro de 2011

JOGADA NA PISTA



Oi, geeeeentemmm,

Sei que estão todos loucos com o show de Katy Perry e Rihanna no Rock in Rio, mas vamos voltar no tema Parada Gay de Brasília? Pois é, no vídeo Papel Mágico 03, eu mostro coisinhas da parada para vocês. Vejam e divirtam-se...

@aharomavelino


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...