segunda-feira, 29 de agosto de 2011

PINTOSA QUEM?

Ser, ou não pintosa? Eis a questão!

E aí, pessoas?

Então, a história continua a mesma: sempre que uma novela traz como personagem uma biba feminina (agora é o Crô de Fina Estampa), os ânimos na comunidade LGBT ficam pululando. De um lado, as monas que acham que a personagem em questão vai queimar o filme de todas; do outro, a turma que se diverte com a "colega de close".

Na boa, eu acho desnecessário esse fuá todo. Acho, aliás, ridículo esse politicamente correto. Gente, estamos celebrando a diversidade, e no meio LGBT, o que mais existe é diversidade: há aquelas que adoram uma pinta, as outras que preferem dar close de bofe (só no truque), as travestis, os transexuais, os bissexuais, os pansexuais e, sabe se lá, se não temos as assexuadas de plantão.

Penso que as personagens afetadas têm todo o direito de existirem (nas novelas, no teatro, na literatura, no cinema...) quanto os personagens mais discretos (Aliás, no mundo real é assim que as coisas são). É fácil ser gay dando pinta de hétero. Agora, dar a cara a tapa e enfrentar o mundo... bem, isso já é outra história! Por isso digo: viva eu, vivas tu, viva o rabo do tatu... e comemoremos a diversidade de estilos e personalidades; nossa bandeira (de quem dá e quem não dá bandeira na avenida) é o arco-íris: uma homenagem pouco discreta a todas as cores (e tipos) que existem... #ProntoFalei!!!!

Dignidade sempre.
@aharomavelino

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

NOVA ESTAMPA DAS NOVE


Oi,

vamos fofocar? Entrou no ar a nova novela das nove da Globo "FINA ESTAMPA"; tudo muito lindo, tudo muito fofo, tudo muito maravilhoso... ou quase... graças a Dulce de Cássia Kis Magro em Morde e Assopra, escrita por Walcyr Carrasco; o impacto do filho que tem vergonha da mãe foi pro beleléu. E a grande aposta de Aguinaldo Silva, para o início da trama, foi pro brejo. Ok, a Griselda (que nominho, hein?) ainda tem muito o que fazer, é uma personagem que tem potencial. Vamos esperar. Ah, vale lembrar que a sinopse de Fina foi criada beeeeeem antes da sinopse de Morde e Assopra... ih, bafão!

Paraíba masculina mulher macho sim, senhor
E a abertura da nova novela, minha gente? O que vocês acharam, fofoletes? Euzinho achei uma coisa assim meio TOP MODEL, sabe? Vocês não se lembram de Top Model? Bem, ela foi uma novela dos tempos em que Suzy Rêgo era magra e Malu Mader dava pinta de Alessandra Ambrósio... e a musiquinha da abertura, hein? Ela também me trouxe lembranças antigas, nesse caso de outra trama: A FAVORITA.

Ai, se eu pego o Walcyr!!
Pois é, vamos torcer para que a novela continue bem. Ela pegou o horário bombando nos 47 pontos, deu 42 no primeiro capítulo - que é babado e confusão -, mas já caiu para 38 no segundo. Êta nós! Ah... e sobre o final de Insensato Coração? Bem, melhor nem comentar, né? Vamos esquecer... 

Beijos e me sigam:
@aharomavelino

terça-feira, 16 de agosto de 2011

ETERNA

My name is Dita: Madonna 
Oi,

hoje, dia 16 de agosto, é um dia pra lá de especial. Minha diva e estrela maior está completando 53 anos. Digam o que disserem, pra mim e para um monte de gente, Madonna é, e continuará sendo, a grande rainha do Pop. 

Já comentei aqui, e repito, se atualmente temos Gagas, Britneys e Christinas... é porque antes, tivemos Madonna. Cantora, compositora, produtora, atriz, diretora de cinema... Madonna sempre esteve no topo, sempre causou, sempre colocou o mundo para dançar. Ninguém na história do universo POP conseguiu se re-inventar tanto quanto a senhora Madgie.

É isso... Happy Birthday Madonna!
@aharomavelino

domingo, 14 de agosto de 2011

PAI HERÓI


Oi, pessoas lindas

quando dizemos que o pai é o herói do filho, sempre imaginamos um cara salvando sua prole, correndo riscos para tirar o filho de uma encrenca, ou coisa parecida. Tudo isso prova que o pai pode, sim, ser um grande herói para o filho. Mas, às vezes, pequenas atitudes são enormes demonstrações de heroísmo.

Meu pai, que já se foi há algum tempo, foi meu herói. Ele não precisou se vestir com roupas coloridas e sair voando, nem mesmo  tomar qualquer atitude arriscada para isso. Ele precisou de poucas palavras, apenas isso. Meu pai foi a primeira pessoa da minha família que questionou minha sexualidade. Lembro-me bem desse dia, eu estava com dezesseis anos.

- Meu filho, cê é gay? - perguntou ele, na lata, com a simplicidade e a humildade de um homem criado na roça, que apenas assinava o próprio nome e lia pouquíssimas palavras. Atordoado pela pergunta, eu nem pensei, falei logo, de cara, sem pestanejar.

- Sim, sou... por quê? Tem algum problema? 
- Você tá roubando, matando, enganando ou passando alguém pra trás?
- Claro que não, pai!
- Então num tem problema nenhum. Eu tinha medo era que ocê fosse uma pessoa desonesta. Num é, então tá tudo certo.

Meu pai nunca escondeu de ninguém que tinha um filho gay e nunca ME escondeu de ninguém. Na última semana dele aqui com a gente, já no hospital, ele me disse que morria feliz porque teve 3 filhas e 1 filho, todos perfeitos, bem encaminhados e que ele sempre amou. 

Pois é, se isso não é ser herói, eu não sei o que é heroísmo. 
Sucesso!
@aharomavelino

domingo, 7 de agosto de 2011

MÃE, EU SOU ASSIM

A sala estava mergulhada no silêncio. O menino, sentado no sofá, encarava a mãe. Ela estava parada junto à janela olhando para o nada. O garoto magro ajeitou o óculos no rosto e cruzou os dedos.
- Mãe, fala alguma coisa...
- Quando foi que você decidiu ser assim?
- Eu não decidi, mãe. Eu nasci assim.
Ela saiu de perto da janela, estava tensa.
- Num diga bobagem... você num nasceu assim - ela encarou o filho - onde foi que eu errei?
- Mãe, ninguém errou. A culpa não é sua. Aliás, não existem culpados.
- Isso é influência. É isso: você tá sendo influenciado por alguém. Olha o tipo de gente que tem andado com você. Você precisa escolher melhor suas companhias, meu filho.
- E a senhora precisa me aceitar do jeito que eu sou!
Ela se sentou junto do filho.
- Eu te amo, meu bem, mas isso que você disse que é...
- Gay?
- ... isso é pecado. Você num vai pro céu! Deus fez você homem!
- A senhor não disse que Deus fez todas as coisas? Que nenhuma folha cai de uma árvore sem que Deus permita? Então...
Ela ficou em silêncio. Não era fácil para ela ouvir aquilo. O que os parentes iriam dizer? E os vizinhos? E os irmãos e as irmãs da igreja? Ela estava prevendo dias difíceis. E eles viriam, mas ela não deixaria seu filho enfrentá-los sozinho. Ele era seu filho e ela o amava. Fosse ele o que fosse.
- Vamos enfrentar  isso juntos - ela disse, segurando a mão do filho.
- Obrigado, mãe.
- Eu quero que você seja feliz, meu filho. Apenas isso.
- Estou começando a ser feliz, agora!
Eles se abraçaram e, de repente, nada mais importava.

Beijos, meus lindos e lindas
@aharomavelino

sábado, 6 de agosto de 2011

DANI ALBUQUERQUE

Oi, gente
votem na minha querida Dani Albuquerque como uma das 100+ VIP. Ela merece mais do que ninguém.
Beijos
@aharomavelino



sexta-feira, 5 de agosto de 2011

PELA MANHÃ

- Você não me ama.
- Claro que eu te amo.
- Não ama coisa nenhuma... olha como você me trata.
- O que foi que eu fiz dessa vez?
- Ah, como se você não soubesse.
- Mas eu não sei.
- Não se faça de sonso!
- Meu Deus, você só pode estar louca!
- E ainda me chama de louca? Olha aqui, ninguém me chama de louca! Eu não sou louca! - ela gritou.
- Ok, num vou ficar batendo boca com você... eu preciso trabalhar.
- Isso, foge. É sempre assim, você nunca tem coragem de encarar a verdade.
- Tchau.
Ele saiu carregando sua pasta e com a cabeça cheia de dúvidas. Assim que ele saiu, ela voltou para a cama, pois estava morrendo de sono. Fora um noite complicada. Ela teve um sonho estranho:  estava sendo traída. Isso a consumira por dentro.

É isso. Beijos
@aharomavelino

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

QUEBRE A PERNA!

Oi,

um amigo meu dizia que fazer teatro era coisa de louco. Eu vou além, acho que fazer teatro é para loucos e, principalmente, para OS FORTES. Quem, a não ser uma pessoa sem um pingo de juízo, se mete a montar uma peça teatral? Eu conheço um monte de malucos desse nível! 

Se você tiver no elenco de sua peça um ator global, mesmo que seja o empregado do empregado do figurante de Malhação, certamente, terá um mínimo de público. Agora, se no seu grupo, a maior estrela é aquela pessoa que estudou artes cênicas, conhece técnicas de interpretação das mais variadas, já teve contato com os clássicos da dramaturgia universal... Bem, fique esperto: dificilmente você terá patrocínio, apoio e, principalmente, público.

Ninguém quer ver uma boa peça, ninguém quer ver um show de interpretação nos palcos. Todos querem ver "aquele cara da novela" ou "aquela moça pelada da revista"! Ok, estou sendo radical. Às vezes, MUITO às vezes, as pessoas vão ao teatro pelo simples prazer de ter acesso à cultura. Mas isso é coisa rara!

Ontem (31/07) fui assistir à peça NÓS do meu amigo ator e dramaturgo Elmo Ferrèr. Um texto lindo, suave, delicado, emocionante... uma direção segura da Luh Rodrigues e atuações soberbas do próprio Elmo e do jovem Láidson Peixoto. Incrível como eles conseguiram tirar leite de pedra. Sem grana, sem apoio, sem patrocínio, conseguiram montar uma obra de arte. E o público? Bem, era maior do que eu imaginava e MENOR do que eles mereciam.

Elmo, Láidson, Luh, Kika (produtora)... vocês são meus heróis do final de semana. Merda para todos! Quebrem a perna, sempre!

Beijos
@aharomavelino

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...