terça-feira, 26 de junho de 2012

ENCONTRO ESTRANHO


Olá, pessoas

Então, meu "Encontro" com Fátima Bernardes não foi dos melhores. Tenho pavor de acordar cedo (afinal, vou me deitar por volta das 5h ou 6h da matina), mas na segunda 25,  coloquei o celular para despertar e, às 10h30, lá estava eu diante da TV. Confesso que esperava um programa babadeiro, pois a saída de Fátima do Jornal Nacional e todo o mistério sobre a nova atração criaram, em mim, as maiores expectativas. Bobagem. O que vi foi um programa confuso (plateia misturada com convidados, não dá, meu povo) e com muita informação visual. No teatro, quando temos muitas coisas em cena, dizemos que a mesma está suja. Foi isso. Visualmente, o programa de Fátima me pareceu sujo (não tem nada a ver com higiene, por favor!). No conteúdo, o programa também deixou a desejar. Os temas escolhidos para uma estreia foram medianos: adoção, depilação masculina... zzzzz...

E o elenco? Bem, Fátima é ótima jornalista, não nego, mas ela ainda está engessada, presa ao estilo bancada. Vai levar um tempo para se perceber com um cenário enorme para percorrer. Lilia Teles e Marcos Losekann estavam lá, quer dizer, ela aqui e ele em Londres, mas quase ninguém percebeu... uma produtora (não me lembro o nome) deu mais pinta do que eles. E o Marcos Veras? Gente, o humorista estava tão sem graça, mas tão sem graça, que quando ele contou uma piada, até Fátima Bernardes pareceu se perguntar: "É agora que eu tenho que rir?". Foi constrangedor. Os pontos (do Ibope) foram favoráveis à Globo, "Encontro" ficou em primeiro lugar (entre 9 e 12 pontos). O SBT nadou feliz na segunda posição, enquanto a Record amargava a terceira. Curiosa foi a atitude da Rede TV! que resolveu tirar o seu da reta e no horário do programa da Fátima passou a exibir desenhos animados... melhor assim, agora os órfãos da TV Globinho tem para onde correr além do SBT. 

É isso!

quinta-feira, 21 de junho de 2012

MEDO DE MUDAR


Oi, pessoas

Televisão

Às vezes, eu acho que todas as emissoras brasileiras são, na verdade, funcionárias ocultas da Globo. Impressionante como elas trabalham para que a emissora carioca continue reinando sozinha lá no topo das paradas. A Record, há algum tempo, prometeu partir com tudo para cima da rede dos Marinho, a ameaça ficou apenas no campo da ameaça. Hoje, a emissora de Edir Macedo (com baixa audiência, programas fracos, prejuízos financeiros e erros de planejamento) agoniza para não cair de vez no ralo. O SBT já foi um concorrente forte, mas um festival de erros passados condenou a emissora a um terceiro lugar que, apenas agora, ela tenta deixar. A Band existe desde quando Cabral chegou ao Brasil, mas até hoje não disse a que veio: uma hora é a emissora do esporte, outra hora é a emissora do entretenimento... Eles têm acertado aqui e ali, mas nada que perturbe a concorrência. A Rede TV! tinha tudo para ser a grande promessa: nova, toda moderna, tecnológica... mas falta conteúdo, ousadia. O que a Rede TV! precisa, mesmo, é apagar essa imagem de emissora de ex-BBBs ou de subcelebridades. Ninguém respeita uma TV que se nivela por baixo. Eles precisam mostrar seu DNA, e condições para isso,a emissora tem. A ideia de fazer dramaturgia - há muito prometido - deveria se tornar uma realidade para que a tv finalmente acontecesse. Enquanto SBT, Band, Record e Rede TV! teimam em atirar no próprio pé, a Globo ri com seus vários pontos no ibope. Fato!

Relação



CENA ÚNICA

HOMEM E MULHER SENTADOS VENDO TV, NÃO SE OLHAM, ESTÃO DISTANTES UM DO OUTRO.

HOMEM         - Sua mãe passou a tarde toda aqui em casa...
MULHER        - Pois é... passou, por quê?
HOMEM         - Nada não... Mas, e o que ela queria aqui?
MULHER        - Me ver. Só isso. Não era nada muito importante.
HOMEM         - (FAZ UMA CARETA) Vindo da sua mãe não me espanta que não seja importante.
MULHER        - (ENCARA O MARIDO) Tá querendo dizer o que com isso? Que me minha mãe é uma pessoa sem importância?
HOMEM         - (FAZENDO-SE DE INOCENTE) Eu não disse isso, quem está falando é você.
MULHER        - (BAIXINHO) Idiota...
HOMEM         - Ela não tem nada melhor pra fazer além de viver enfiada aqui em casa?
MULHER        - Minha mãe se importa com a gente, com o nosso casamento...
HOMEM         - Isso é verdade. Ela se importa tanto que se pudesse dormia com a gente!
MULHER        - Chega! Eu vou pro meu quarto... (LEVANTA-SE) E você tenha uma boa noite... aqui no sofá!

A MULHER SAI. O HOMEM CONTINUA VENDO TV E SORRI.

HOMEM         - Daqui a pouco ela vem me chamar pra cama...

ELE ESPERA POR UM BOM TEMPO, MAS ELA NÃO VOLTA.

CORTA:

Por hoje é isso. Até a próxima!

terça-feira, 12 de junho de 2012

A HORA DA VERDADE


Oi, pessoas

Record

A emissora bem que tentou, mas nem as orações dos fiéis foram capazes de salvar a novela Máscaras do fiasco total. Patinando lindamente no ibope (que nunca chega a 10 pontos), a novela de Lauro César Muniz será encurtada. A ideia inicial era que ela tivesse algo em torno de 220 capítulos, mas pelo que mostrou até agora, não deve passar de 120. Gisele Joras (autora de Amor e Intrigas e Bete - a feia) ficará com a missão - árdua - de salvar o horário nobre da Record (mesmo ninguém sabendo que horário é esse, pois cada dia a novela começa em uma hora diferente). Vejamos os novos capítulos...

Rede TV!

Não é só a Record que anda preocupada com os números. Na Rede TV!, dizem, o bicho pegou. Toda a equipe do SNL do Rafinha Bastos foi chamada para uma conversa séria. A ordem é dar um jeito no programa, mudar o foco, popularizar os quadros. Eu já disse aqui, e repito: o SNL tem potencial, só precisa encontrar um rumo, que pode ser um texto melhor escrito, por exemplo. Vale lembrar que num passado não muito longe, o Legendários da Record também teve problemas no ibope, mas conseguiu se levantar. Tempo ao tempo.

Literatura

Sim, eu compro livro pela capa. Pronto, confessei. O último deles foi "Sereia" de Tricia Rayburn (editora Verus, 306 páginas). O livro tem uma capa incrível, daquelas que chama a atenção na primeira olhada. Mas, e a história? Bem, o livro narra as aventuras de Vanessa, uma menina medrosa que precisa encontrar força e coragem para investigar a misteriosa morte da irmã mais velha, Justine. Logo ela verá que Justine foi apenas mais uma vítima das estranhas mortes ligadas à água na pequena cidade de Winter Harbor. O livro é cheio de mistério e suspense, também tem espaço para um romance entre Vanessa e seu velho amigo Simon. Na boa, achei a leitura chata e arrastada. Também não gostei da diagramação, a forma como alguns diálogos são escritos me causou estranheza. Mas fica a dica... parece que vem outros livros da série por aí... ai ai.


Ficamos por aqui:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...