terça-feira, 27 de março de 2012

SEM COMUNICAÇÃO


Olá,

Uma pequena crônica, não devemos perder o hábito. Nem só de fofocas vive esse blog, né?


MINHA FILHA É UMA ET


Cláudia estava esparramada no sofá. Fones no ouvido, um notebook no colo e saquinhos de salgadinho, vários deles, espalhados pela sala. Dona Lúcia, a mãe, mulher muito organizada, tão ligada à limpeza que beirava o TOC, chocou-se com a cena.
- Cláudia! - fala. - Cláudia! - faz gesto pra que a filha tire o fone do ouvido.
- Que é, vei?
- Velho? Está me chamando de velho?
- Não, mãe, eu disse véi. Tipo: cara, rapaz, moço...
- Mas todos esses substantivos são  masculinos, não combinam com meu gênero.
Cláudia faz uma careta.
- Pô, mãe. Conversa estranha essa sua, cara.
Dona Lúcia suspira.
- Tudo bem. Esquece - ela acalma-se. - Foi você que fez isso? - pergunta a mãe, apontando a bagunça.
- Soh!
- Só? Você fez isso tudo sozinha?
- Não, mãe.
- Ah, muito bem, então quer dizer que você teve ajuda nessa bagunça toda? No mínimo, foi um dessas suas amigas estranhas...
- Ninguém me ajudou a fazer essa bagunça.
- Como não? Você mesma disse que foi SÓ, agora quer dizer que não foi só?
- Eu disse Soh... e não só...
- Hã?
- O SÓ que eu falei é tipo: "pois é", "isso mesmo"!
- E isso é lá é jeito de falar, garota?
- Ah, mãe. Na boa, tipo assim, sô jovem... nóis fala assim.
Dona Lúcia arrepia-se. Pensa na foturna que gasta com a escola caríssima da filha. Dinheiro jogado fora? 
- Cláudia, que língua é essa?
- "Portuguêis"! Esse é nosso jeito de falar, ué... eu falo assim, minhas "amiga" fala assim... pra mim entender, tem que ser assim...
- Pra "EU" entender, Cláudia!
- Não, não. Pra mim entender! Se for pra senhora entender, a gente falamos diferente...
Dona Lúcia revira os olhos e tem vontade de chorar. Sabendo que aquela conversa não  levaria a lugar algum, ela desiste. 
- Limpa tudo isso aí, ok?
Cláudia olha pra mãe partindo pra cozinha.
- Minha mãe parece louca - diz a garota pra si mesma.

E continue vendo o vídeo do mês:



É isso, beijos
@aharomavelino

sábado, 24 de março de 2012

FIM DO ATO


Olá, pessoas

FOI TARDE: a novela Fina Estampa chegou ao fim e com ela, a Globo encerra umas das maiores bobagens já produzidas pela TV brasileira. No início, Aguinaldo Silva prometeu fazer uma novela antológica, uma novela que entraria para a história da nossa televisão. Ele conseguiu. Nunca na história da TV, vimos uma novela tão estranha. E não venham me dizer que a trama foi um sucesso de ibope. Eu sei, ela foi. Mas, desde quando sucesso de ibope quer dizer coisa boa? (Lembram do Ratinho de antigamente? Do João Kleber na RedeTV!? Ou do Pânico?... pois é). 
Fina Estampa foi um festival de idiotices. Cheia de personagens caricatos, outros sem função nenhuma na história (o que era o namorada da Susana Vieira?) e um monte de tipos sem credibilidade. A novela, que pretendia debater questões éticas, por exemplo, virou um programa de humor - quem levaria uma vilã como Teresa Cristina a sério? 
A direção deixou a desejar, o texto, às vezes, era inacreditavelmente amador com diálogos inverossímeis. Sempre fui fã de Aguinaldo Silva, mas, para mim, sua última novela foi Senhora do Destino. De lá pra cá, ele apenas cumpriu tabela. Uma pena. Afinal, trata-se de um gênio. 
Uma coisa ninguém pode negar, Aguinaldo foi coerente. Do início ao final, Fina Estampa foi uma grande piada. O último capítulo foi digno das novelas mexicanas do início da década de 90. A cena de Teresa Cristina e Pereirinha desaparecendo no mar atirou, no fundo do oceano, a festejada qualidade global. Antes não a tivessem colocado no ar. Foi vergonhosa. 
Pois é... e que venha Revenge... ops... Avenida Brasil (sobre essa, eu falo no próximo vídeo).

FOI CEDO: a morte de Chico Anysio fecha uma página importante da história da nossa TV. Sim, pra mim, ele foi cedo. Chico era daquelas figuras míticas que eu achava que não morreria (tipo Hebe, Silvio Santos, Raul Gil...). Sem dúvida o melhor  humorista que já tivemos. Esnobado por anos pela Globo, agora a emissora quer homenageá-lo re-apresentando um especial que, nem de longe, fez jus ao seu enorme talento. Tarde demais. Que pena. Chico não era um, eram vários. Então, não morreu Chico: morreram Chico (by Vitor de Oliveira). É isso!

VÍDEO DO MÊS: a volta do Papel Mágico


Beijos
@aharomavelino

quarta-feira, 21 de março de 2012

A VOLTA DO FILHO PRÓDIGO



Olá, pessoas

demorou, né? Mas calma, finalmente saiu o primeiro vídeo 2012 do Papel Mágico. Nesse primeiro vídeo, eu comentei coisinhas sobre o mundo dos famosos: o caso de estupro no BBB, o novo cabelo de Silvio Santos, a novela Amor Eterno Amor e é claro a guerra santa entre Valdemiro Santiago (antigo discípulo da Igreja Universal) e seu velho mestre Edir Macedo (quem disse que a concorrência pelo dinheiro, ops... nome de Deus não seria foda?) 
... quer saber disso tudo? Vejam o vídeo...



Por hoje é isso, beeeejos e me sigam:
@aharomavelino

sábado, 17 de março de 2012

SÍNDROME DE PETER PAN


A jornalista Juliana Castro, eu e as produtoras culturais Betta Doelinger e Gacy Simas

Oi,

Gente, o lançamento do livro VIVER NÃO É PRECISO aqui em Brasília foi babado e confusão. Um bando de gente grande (outras nem tanto) se reuniu na livraria Laselva do shopping Conjunto Nacional para a noite de autógrafo.

Com o Danilo e a Cris

Com a Juciane

Quem esteve por lá pode matar a saudade dos anos 80 (a história se passa nessa década). Enquanto rolava o evento, vídeos relembravam nossos ídolos: Paquitas, Chacrinha, He-Man, Ursinhos Carinhosos, Viva A Noite, Dominó, Trem da Alegria, Xuxa, Os Abelhudos... teve de tudo um pouco.






Professora Consuelha

Detalhe, quem comprava o livro ganhava na hora um kit com docinhos e coisinhas como: dadinho, guarda-chuva de chocolate, bananada, paçoquinha, apitos e até pirocóptero. Um luxo só organizado pelas produtoras culturais Gacy Simas e Betta Doelinger com o apoio da Livraria Laselva e da editora Livros Ilimitados.

Se você não pode ir ao lançamento do livro, perdeu uma festa e tanto, mas você pode ter o livro em mãos, ele está à venda nos sites das livrarias abaixo, basta clicar na empresa de sua preferência.




É isso, minha gente. Espero que todos comprem... ajuda aí, vai...rsrsrs
Com a professora Márcia Assis 

Com a escritora Vânia da Academia de Letras de Brasília e seu marido

Família que lê unida arrasa

Professora Alda

@aharomavelino

terça-feira, 13 de março de 2012

NÃO EXISTE AMOR ERRADO


Oi,

Ainda no clima de literatura (essa semana tem lançamento do meu livro VIVER NÃO É PRECISO aqui em Brasília), quero falar de outra obra: 
Meu próximo livro, como todos sabem, é um romance LGBT (NÃO EXISTE AMOR ERRADO), ele sairá - se tudo der certo - no segundo semestre. 


O livro conta a história de quatro adolescentes gays (Nando, Lipe, Caio e Júlia). Num período de descobertas, dúvidas e confusões, eles enfrentarão o preconceito, o bullying e a discriminação; mas também descobrirão o poder das amizades verdadeiras, despertarão para os primeiros amores... engraçado, triste, irônico... quer saber mais?


Pois é, enquanto o livro não sai, vocês podem baixar o primeiro capítulo no link abaixo... 


clique aqui -> Não Existe Amor Errado

Espero que gostem.
Beijos

@aharomavelino

terça-feira, 6 de março de 2012

LANÇAMENTO


Oi, gente

Esses dias estou meio afastado do blog. Tenho razões boas pra isso: estou envolvido com o lançamento de meu livro aqui em Brasília. Aliás, quem estiver por essas bandas dê um pulo na livraria Laselva do Conjunto Nacional no dia 15 de março a partir das 19h30. A gente se vê por lá...
Vamos voltar com tudo aos loucos anos 80!!!!


UM POUCO DOS 80: quem não viveu a década de oitenta perdeu uma época mágica. Se hoje as meninas se deliciam com Restart, Justin Bieber e tantas boy bands; deve-se tudo isso aos anos 80. Foi nesse tempo que surgiu a primeira banda colorida rebolativa: Menudo! Logo se seguiram um monte de genéricos (tão bons, ou não, quanto). Quem nunca dançou "manequim" ou "Tô P da Vida"? Pois é: Dominó, Polegar, Tremendo... os anos 80 foram mesmo inesquecíveis, quer relembrá-los? Leia o livro!


Vídeo do dia: vídeo promocional feito pela livraria Laselva em função do lançamento do livro aqui em Brasília. Achei digno.


Beeeeeeeijos
@aharomavelino

sexta-feira, 2 de março de 2012

MUNDO CINZA


OI,

HOMOFOBIA: sempre que eu uso esse espaço para defender os LGBTs, recebo uma avalanche de críticas (nem todas agradáveis). Isso é a prova viva de que vivemos um mito: o que de que no Brasil, não há preconceito. Há sim! No Brasil, o preceito seja sexual, racial, social é um fato; e a homofobia vem crescendo a cada dia. Sabemos que políticos fundamentalistas tem conseguido barrar trabalhos sociais e humanitários importantes como o Escola Sem Homofobia, pra eles pouco importa o sofrimento de quem passa por esse problema, desde que seu fanatismo religioso esteja preservado. Pois bem, infelizmente no último dia 17, o jovem Rolliver de Jesus (segundo o jornal Folha Vitória) enforcou-se em casa após sofrer bullying homofóbico na escola. Uma pena e um absurdo uma mãe ter que perder seu filho porque nossos políticos colocaram seus preconceitos religiosos na frente dos direitos humanos! E depois, ainda ousam falar em amor cristão. Que amor é esse que não se compadece do sofrimento alheio, ou não respeita a liberdade do outro? Estranhíssimo!

MUDANDO DE ASSUNTO: a novela A Vida da Gente está na reta final. Pra variar, a autora deixou as grandes emoções para o final e acabou atropelando tudo. Pra mim, A Vida da Gente foi uma grata surpresa. Foi uma ótima novela, até a metade, porque depois o prato desandou. Lícia Manzo (autora) perdeu a oportunidade de marcar seu nome no horário das 18h quando fez de sua novela uma repetição sem fim. Nos últimos meses, ninguém mais suportava o trio Manu-Ana-Rodrigo. E o chororô sem fim? Era tanta gente chorando na novela que dava agonia. Mas, entre mortos e feridos, salvaram-se todos.
Agora chega Amor Eterno Amor (com sua logo horrorosa), a novela pretende repetir o sucesso de Escrito Nas Estrelas, também de Elizabeth Jhin, pra isso aposta nos temas espirituais (a novela tem temática espírita). Embora vivamos num país dito católico, o brasileiro sempre teve um pé no além. Que venham os espíritos então!

VÍDEO DO DIA: hoje ficamos com o trailer do filme Branca de Neve e o Caçador, parece ser um bom filme. Ah, esse não é o filme com a Julia Roberts, hein? Esse aqui é com Kristen Stewart e Charlize Teron.



Até a próxima
@aharomavelino

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...