quarta-feira, 5 de março de 2014

A Primeira vez a gente não esquece.



Então, um domingo, meu pai chegou para mim e disse:
- Vou te levar ali pro cê conhecer um trem. (Desse jeito mesmo, com seu sotaque mineiro e sua gramática pessoal).
- Onde?
- Num posso falá... acaba a surpresa...
Nesse tom de mistério, partimos, meu pai e eu, para uma cidade vizinha - morávamos na zona rural. Durante todo o caminho, minha mente (que já era um pouco fértil) viajou. Imaginei mil e uma coisas (coisas limitadas pela idade de um garoto de 6 anos que vive no meio do nada, claro). Que surpresa seria aquela? O que meu pai estaria aprontando? Será que eu ia ganhar um doce? Um brinquedo novo?
Chegamos finalmente a um pequeno povoado, meu pai me pegou pelo braço e me levou até um boteco cheio de gente. Bicho do mato que era, fiquei nervoso e tímido. Então, meu pai se abaixou e sorriu:
- Olha ali... - apontou para uma caixa estranha em cima de uma geladeira (que só fui saber que se chamava geladeira anos depois).
A paixão foi imediata. Fiquei completamente enfeitiçado por aquele objeto mágico. Ele emitia uma luz hipnótica e mostrava quatro homens atrapalhados e engraçados. 
- O que é isso? - quis saber.
- Isso é uma televisão - disse meu pai. - Gostou?
- Quero uma...
Meu pai sorriu.
- Um dia cê vai tê uma... um dia...
- Quero agora!
- Uma dessa aí custa o olho da cara...
Entendi o que ele queria dizer: nós não tínhamos dinheiro para ter uma daquelas.
Passei um bom tempo olhando para a televisão maravilhado. De repente, o mundo ao meu redor havia desaparecido. As várias pessoas que se amontoavam naquele boteco para ver TV, não existiam. Apenas eu e o aparelho. 
Foi assim que eu vi um televisão pela primeira vez, era o início dos anos 80, o programa era Os Trapalhões. Foi naquele dia que eu decidi que ia trabalhar (de alguma forma) com aquela caixa mágica, não sabia como aquilo funcionava, mas sabia que queria fazer aquilo, embora - naqueles tempos - eu achasse que as pessoas que apareciam na TV não fossem reais. Mas isso já é outra história. 

Siga: @AharomAvelino

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...