segunda-feira, 20 de julho de 2015

Tomara Que Caia, SIM!!!


Desde que o humorístico SAI DE BAIXO parou de ser exibido em 2002, a Globo vem se esforçando para achar um programa decente, que cative o público no finalzinho das noites de domingo, após o Fantástico. Apesar de todos os esforços, a emissora só tem dado tiro n’água. Treze anos se passaram e até agora a rede carioca ainda não acertou.

Quem assistiu (ou teve paciência de assistir) à nova tentativa da Globo no último domingo, dia 19 de julho, tem tudo para ser mais um mico dominical. Na boa, o programa de humor (ou seria game?) TOMARA QUE CAIA pode ser tudo, menos engraçado. A promessa de algo inovador não passou mesmo da promessa. A impressão que passou foi a de que misturaram o novo (?) ZORRA com o falecido É TUDO IMPROVISO, mas esqueceram de do principal: a graça!


Se não bastasse as situações chatas e cansativas, o elenco é todo irregular. Se por um lado, Heloísa Pérrissé e Fabiana Karla são garantias de riso certo (elas já são engraçadas por natureza), Priscila Fantim parecia perdida no programa, não estava à vontade, não era seu território (e vamos combinar, ela não é do ramo, gente!).

Quanto à audiência, a Globo foi bem, marcou 12 pontos e se manteve na liderança no horário. O problema, e a grande dúvida, é: será que o programa manterá esses números nos próximos domingos? Levando em conta que parte desses pontos está ligada ao fato de ser uma estreia, acho difícil segurarem a onda.


Quando a gente vê a maior emissora do país, com todo o seu poder midiático, produzir uma coisa tão ruim quanto TOMARA QUE CAIA, as esperanças de ver algo criativo na TV aberta vão para o ralo. Se os diretores da Globo se dessem ao trabalho de ver o que artistas anônimos andam fazendo aí pelo Brasil, descobririam coisas interessantíssimas. Que tal se eles passeassem pelos teatros do interior e assistissem a galera que faz humor com pouquíssima (ou nenhuma) grana? Fica a dica!

E aí? O que você achou do TOMARA QUE CAIA? Você acha que cai? 
Siga-se: @AHAROMAVELINO

sábado, 18 de julho de 2015

Livros para todos os gostos (e desgostos). De graça!!!


- Oi, você é escritor, né? Cara, eu tenho uma história que daria um livro. É mais ou menos assim...

Ouvir isso é praticamente inevitável. Quando algumas pessoas descobrem que você tem um ou mais livros publicados, ou que, de alguma forma, você escreve, elas não resistem: sempre têm uma história (vivida por elas ou por alguém próximo) que certamente daria um livro. Ok. Não duvido de que isso seja verdade, muitas histórias reais dariam ótimos livros, mas nem todas. Fora isso, todo escritor, publicado ou não, gosta de escrever suas próprias histórias (reais ou não), ninguém quer contar a história de outro.

Então, se você tem uma história que daria um livro, que tal escrevê-la você mesmo?

- Ah, mas eu não tenho editora pra publicar.

Capa de minha nova história no Wattpad
Calma. Uma coisa de cada vez. Primeiro escreva, depois você pode ir atrás de uma editora. Agora se o seu objetivo é apenas contar a história, há uma solução: você conhece o site “Whattpad”? Não? Pois está perdendo tempo. Lá você pode publicar a sua história (de graça) e ser lido por muita gente (isso vai depender de como você vai divulgar seu trabalho). O Whattpad também é uma boa pedida para quem gosta de ler e acha que livros são muito caros (eu, particularmente, acho que livros sempre valem cada centavo, mesmo sendo muuuuitos centavos). O Whattpad é uma ferramenta muito inteligente, lá você vai encontrar livros inteiros, contos, crônicas, etc; tudo separado por temas (romance, horror, suspense...). A experiência de leitura é bem confortável para quem está acostumado a ler em equipamentos eletrônicos como iPads, Kobos ou Kindles e estranha para quem (como eu) ainda é dependente do livro de papel, porém vale o esforço. Se você garimpar, encontrará histórias maravilhosas, embora escritas por autores (quase) anônimos.

Viu só? Agora você não tem mais desculpa para dizer que não lê “porque não tem grana” ou não escreve “porque não tem editora”. Que tal começar? Corre lá no Whatppad... Ah, aproveita e leia minhas histórias, vou deixar os links aqui. 
Leia-me clicando AQUI

Siga-me no Twitter: @AHAROMAVELINO 
BEIJOS




segunda-feira, 13 de julho de 2015

E a DC Comics vai pro ataque!!!


Olá, pessoas

Sabemos que o mundo das HQs é um universo à parte, não é comum assistir a guerras apaixonadas dos fãs dessa arte. De um lado os fanáticos pela Marvel, do outro os adoradores da DC Comics (no meio, há um grupo que curte tanto uma editora quanto a outra).

Embora curta todos os heróis, confesso que meu coração bate mais forte para os lados da DC Comics (talvez seja pelo fato de o primeiro gibi de heróis que eu ter sido da Liga da Justiça). Como bom fã da turma do Batman, Superman e Mulher-Maravilha, vi por anos a Marvel sambar na cara da DC quando o assunto era cinema. Tirando  a série Smallville, a editora da Warner nunca acertava quando o assunto era dar via a seus heróis.

The Flash e Arrow 
Mas, preparem-se porque o jogo está virando. Depois de uma avalanche de séries fodásticas (Arrow, Gothan e Flash), a DC Comics promete invadir o cinema em 2016 com dois filmes que prometem derrubar forninhos: Batman vs Superman e Esquadrão Suicida abrirão as portas para uma nova era de produções de peso que inclui Liga da Justiça, Shazan, Lanterna Verde (de novo) e por aí vai.

Acho que a DC finalmente encontrou seu caminho e vai tomar o lugar que merece no Olimpo dos filmes baseados em HQs - já não era sem tempo. Uma editora desse porte não pode viver de produções irregulares como vinha fazendo (a trilogia do Batman com Christian Bale foi bem enquanto o Lanterna Verde com Ryan Reynolds foi uma bomba, por exemplo).

Ah... e se você gosta das séries atuais da Warner/DC, fique ligado que outras duas estão pintando por aí: Supergirl e Legends of Tomorrow (esta última um spin-off de The Flash e Arrow).


É isso: Aharom Avelino  

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...