sábado, 30 de janeiro de 2016

SEIS LIVROS PARA LER EM 2016 (Parte 2)





Olá, pessoas

E aí, começaram suas leituras? Pois bem, como prometido no post passado (link), aqui vão os outros três livros (totalizando seis) que vocês deveriam ler em 2016. Não percam tempo, mergulhem no maravilhoso mundo da leitura. 

Ah, se você tem alguma dica de livro, pode deixá-la nos comentários. Sua dica será de grande valia. Ok, sem mais delongas, vamos aos livros...

A HORA DA ESTRELA (de Clarice Lispector): que tal parar de ficar compartilhando supostas frases da senhora Lispector no Facebook e começar a lê-la de verdade? A Hora da Estrela é uma narrativa curta que conta a história de Macabéa, moça simples e ingênua que não imagina como o mundo e as pessoas podem ser cruéis. O livro é um verdadeiro mergulho no pessimismo e apesar de parecer melancólico (e é), não deixa de ser delicioso. 


NÃO EXISTE AMOR ERRADO (de Aharom Avelino): sim, sou eu. Se estou sugerindo livros no meu blog, nada mais justo do que puxar um pouco a sardinha para o meu lado, não é mesmo? Pois bem, Não Existe Amor Errado conta história de quatro adolescentes vivendo os últimos meses do ensino médio. Além dos conflitos típicos da adolescência: primeiro amor, o que fazer no futuro, como lidar com as pessoas ao seu redor; soma-se aí o fato de os quatro personagens (Nando, Caio, Lipe e Júlia) serem gays, ou seja, eles ainda terão que lidar com um mundo onde existe, sim, preconceito, bullying, homofobia, etc... Mas, onde também há amizades verdadeiras.  


VIDAS SECAS (de Graciliano Ramos): em tempos de crise hídrica, vale a pena ler este clássico de Graciliano. O livro narra a saga de uma família de retirantes no sertão nordestino e mostra como suas vidas (e suas personalidades) são afetadas pela fome, a miséria e, claro, a seca. Um choque de realidade necessário. Prestem atenção na cachorra Baleia, ironicamente a personagem mais afetiva da história. 

Gente, é isso. Espero que vocês curtam as dicas e que, principalmente, comecem a ler loucamente. 

Querem trocar uma ideia sobre tudo? É só me seguir nas redes sociais. Abração...

Aharom Avelino 

YouTube: AQUI
Instagram: AQUI
Twitter: AQUI

Nenhum comentário:

Facebook